Câmara Municipal das Lajes das Flores

Loading

Notícias

Exposição de Relógios de Parede Antigos

Quarta, 11 de Julho de 2012

Exposição de Relógios de Parede Antigos

Durante a festa do Emigrante 2012, nomeadamente dos dias 14 a 17 de Julho, decorrerá na Casa do Povo de Lajes das Flores, uma exposição de relógios antigos que foram reparados e reconstruídos pelo nosso conterrâneo José Silvino Almeida.

Passamos a transcrever a nota de apresentação deste evento, feita pelo Presidente da Direção da Casa do Povo, Sr. António Maria Gonçalves:

"José Silvino Raposo Almeida, empresário, natural e residente na vila de Lajes das Flores é um dinâmico empresário com importante trabalho desenvolvido na construção civil, actividade esta que exerce paralelamente com a de marceneiro. É já muito grande a sua obra, por toda a Ilha das Flores, com a recuperação de inúmeros edifícios e construções de raiz, com destaque, nos últimos anos, nas obras de restauro e beneficiação de algumas igrejas.

Dotado de uma grande versatilidade, tem uma aptidão nata para as mais diversas artes e ofícios, donde se realça o seu mais recente interesse pelos relógios, sobretudo os mecânicos, cuja engrenagem e funcionamento, presentemente domina como qualquer bom relojoeiro.

Perante alguns exemplares muito degradados, com peças em falta e a caixilharia carcomida pelo tempo, é capaz de tudo recompor, ora mantendo a traça original dessas peças centenárias, ora recreando nas madeiras exóticas com que trabalha, novos modelos como os que agora e aqui se podem observar.

José Silvino Almeida, é por isso, mais que um artesão - um artista, que assim presta um importante contributo ao património cultural da nossa terra, perpetuando objetos valiosos, cheios de história e recordações - companhias de "toda a hora" nas vidas dos nossos antepassados, testemunhas passivas de muitas dificuldades e alegrias dos seus "dia-a-dia", fiéis cúmplices das suas esperas e esperanças e tambem das suas epopeias pelas Américas (donde a maior parte proveio).

...

Aí estão, majestosos, como novos, transportando consigo muito das nossas memórias, agora mais destemidos nos seus melancólicos "tic-taques", a chamar-nos a atenção para os nossos primórdios, mas prontos para um novo futuro...

É por isso com muita justiça, que a Casa do Povo de Lajes das Flores, abre as suas portas a esta exposição, prestando assim uma justa homenagem a um artista, filho desta terra, e também colaborando com a Festa do Emigrante e com a Câmara Municipal, de quem durante todo o ano recebe apoios e solidariedade.

Um devido agradecimento a todos quantos quiseram colaborar com esta exposição, emprestando os seus relógios.

E uma saudação muito cordial a todos os nossos Emigrantes e forasteiros em geral com um "bem haja", de forma especial ao José Silvino Almeida."

Retroceder

Documentos

Consultar Arquivo

O tempo nas flores

Projecto Climaat - Webcam
Webcam Projeto Climaat
Spot Azores
Spot Azores